Cemig dá dicas para diminuir consumo em aparelhos elétricos

Em períodos com grandes variações de temperaturas, como aqueles em que a sensação de frio e calor se alternam entre o dia e a noite, é comum que aparelhos com fins distintos – para esfriar o ambiente ou para ajudar a se aquecer – sejam usados no mesmo dia. Pensando na otimização do consumo e no bolso do cliente, a Cemig preparou algumas dicas que podem contribuir para a redução do valor das contas de energia.

O ar condicionado, por exemplo, é um dos equipamentos mais utilizados para amenizar as altas temperaturas. Mas, segundo o engenheiro de soluções energéticas Luciano Barreto, da Cemig, o aparelho tem potência elevada mesmo nas versões mais modernas e eficientes, sinalizando um ponto de atenção.
“O consumo de energia depende basicamente de duas variáveis: potência do equipamento, medida em watts, e tempo de utilização, calculado em horas. Um modo de economizar energia ao usar o ar condicionado é reduzir o tempo de funcionamento desse aparelho”, explica o engenheiro. Luciano recomenda, ainda, que, ao comprar, o consumidor dê preferência àqueles com selo Procel ou com a etiqueta do Inmetro com a letra “A” – considerados mais eficientes.

O ventilador é um equipamento para amenizar o calor intenso, mas, apesar de ter menor potência que o ar condicionado, também deve ser usado com prudência. “O ventilador poderá ter uma parcela significativa na conta de energia caso fique o tempo todo ligado na velocidade máxima”, comenta Luciano.

Já nas horas de frio, o chuveiro elétrico no modo inverno costuma ser uma alternativa para aquecer o corpo – mas um perigo para a conta de energia. “Na posição verão, o chuveiro promove uma economia de até 30% se comparado com a posição inverno. Além isso, o ideal é que os banhos não sejam tão prolongados, diminuindo o tempo de uso do aparelho”, esclarece o engenheiro.

Outros hábitos, por mais simples que pareçam, também merecem atenção. Nunca coloque roupas e calçados para secar atrás da geladeira, pois além de desperdiçar energia, proporciona riscos de choque elétrico.

Conferindo a potência

Além de controlar o tempo de uso, como alerta Luciano, o consumidor pode verificar a potência dos aparelhos, garantindo maior economia. Essa informação deve ser observada no selo do Inmetro que os acompanham e que, preferencialmente, devem conter a letra A ou o selo Procel, da Eletrobras, indicando que são mais eficientes em relação à eletricidade necessária para o funcionamento.

Outros cuidados

· Instale o ar condicionado em local alto, com boa circulação de ar, e protegido da luz solar.

· Utilize a função sleep do ar-condicionado, que eleva a temperatura automaticamente de hora em hora durante as horas de sono. Isso mantém o conforto do ambiente e reduz o consumo.

· Em caso de queima da resistência do chuveiro, troque-a imediatamente. Nunca reaproveite a resistência queimada.

· Troque chuveiros muito antigos por versões mais novas, com selos de eficiência.

· Sempre desligue os equipamentos quando não estiverem sendo utilizados.

Fonte: Cemig



Deixe uma resposta