Como funcionam as lâmpadas LEDs e suas principais características

Com certeza você já viu um LED, já viu vários tipos deles, no seu celular, na sua TV, a iluminação da sua casa ou até mesmo no seu eletrodoméstico.

Bom, que este componente já é conhecido e muito usado nós já sabemos. Agora porque não conhecer um pouco mais sobre este componente tão usado, tão comum em nosso dia a dia.

Neste artigo trataremos de algumas particularidades relacionadas aos LEDs, para que desta forma você possa saber um pouco mais sobre esse componente tão pequeno e tão útil.

O LED é um diodo semicondutor, composto por cristais de silício e germânio, que quando energizado emite luz visível a olho nú. Eles são econômicos e tem alta durabilidade.

A palavra LED vem do inglês “Light Emitting Diode”, que significa Diodo Emissor de Luz. Os LEDs geram a luz através de um meio sólido maciço, enquanto que nas lâmpadas incandescentes, a luz é gerada através de um filamento que quando aquecido incandesce, então é gerado a luz.

A parte mais importante de um LED é o chip semicondutor, que é responsável pela geração de luz. Este chip tem dimensões muito pequenas cerca de 0,5mm.
O LED tem polaridade, ou seja, tem o terminal negativo, e o terminal positivo. O terminal negativo tem o nome de Catodo e o terminal positivo tem o nome de Anodo.

Estes terminais determinam a polarização ou não do LED, ou seja, a forma a qual ele é polarizado determina a passagem ou não de corrente elétrica, o que ocasiona ou não a ocorrência de luz.
Podemos identificar os terminais do LED observando o comprimento dos seus terminais.

O terminal Anodo (+) é mais comprido, já o terminal Catodo (-) é mais curto. Outra maneira de identificar os terminais é observando o chanfro no encapsulamento do LED. O lado que tem o chanfro é o Catodo (-).
Os principais tipos de LED
No mercado temos vários tipos de LED, dentre eles podemos destacar os tipos mais usados.

LEDs comuns
Sua luz é distribuída no seu encapsulamento. A luz é dispersa, espalhada.
Seu encapsulamento é geralmente de plástico e opaco, e tem o objetivo de fazer com a luz seja difusa, mas ainda assim existem pontos onde a luz é mais forte e pontos onde a luz é mais fraca.

LEDs de alto brilho
Sua luz possui um brilho mais intenso que os LEDs difusos, geralmente seu encapsulamento plástico é transparente e sua luz é focada, é direcional.

Fitas de LED
É uma fita que pode ter várias larguras e comprimentos, com LEDs muito pequenos ligados em série, podendo variar cor e luminosidade (dependendo do modelo).

LEDs SMD
São LEDs muito pequenos, comumente encontrados em fitas de LEDs, e em placas de circuito impresso, podem ser difusos, transparentes e multicores (RGB).

LEDs infravermelho
São um tipo de LED que emite uma luz infravermelha, invisível a olho nu. Usados em sensores, controles remotos e aparelhos de visão noturna.

LEDs orgânicos
São extremamente pequenos, quase microscópicos, utilizados na construção de TV’s, telas de tablets, telas de celulares e telas flexíveis.

LEDs bicolores
Podem ser difusos ou transparentes, possuem duas cores, ou a combinação de duas cores para formar uma terceira cor. Eles podem apresentar dois ou três terminais.

LEDs tricolores
Podem ser difusos ou transparentes, possuem três cores, vermelho (Red), verde (Green) e azul (Blue), esse padrão é chamado de RGB (primeira letra de cada cor). O uso das cores pode ser em combinadas ou individuais.

HPLED (LEDs de alta potência)
HPLED’s são LEDs muito potentes capazes de substituir lâmpadas. Normalmente são usados na iluminação de ambientes, lanternas e faróis de carros.

Onde são usados os LEDs?
Os LEDs são muito utilizados para sinalização de Ligado ou desligado em eletroeletrônicos. Certamente você já viu um LED, em um celular por exemplo, onde você tem o status do aparelho.

Atualmente, devido a necessidade de economizar energia, consequente das crises energéticas, o LED vem fazendo tomando espaço no mercado principalmente na parte de iluminação.

As Lâmpadas de LED apresentam várias características favoráveis e inovadoras no que se diz respeito à iluminação, além de serem menos agressivas ao meio ambiente em relação a outros produtos existentes no mercado.

Devido ao aquecimento que as lâmpadas convencionais sofrem, estas acabam tendo uma vida útil menor em relação a dos LEDs. Por esta e outras razões, as lâmpadas de LED vem ganhando espaço no mercado de iluminação, além de serem econômicas e as vezes, tem maior luminosidade.
Os LEDs são muito usados em TVs de LED, celulares, computadores, eletrodomésticos.

Vantagens de usar o LED

Hoje em dia o LED é muito utilizado, mas porquê? Temos algumas vantagens em se usar o LED, dentre elas temos:

Qualidade de luz visivelmente confortável;
Baixa geração de calor;
Não emite raios ultravioleta e infravermelho;
Possibilidade de troca de lâmpada incandescente por LED, pois as bases das lâmpadas são do mesmo tamanho;
Economia de até 80% em comparação com as lâmpadas incandescentes;
Maior durabilidade em comparação com outras lâmpadas;
Fácil descarte e reciclagem por não conter chumbo ou mercúrio.

Fonte: www.saladaeletrica.com.br



Deixe uma resposta

Solve : *
14 − 2 =